Pague mais por resultados

Pague mais por resultados

By David Maycon
July 29, 2020 15:10
0 Comments
Imagem com dois computadores sobre uma mesa, e aparecem as mãos de dois homens que parecem discutir projetos em uma planilha física.



Por Robin Hanson

 

Uma simples e robusta maneira de conseguir os outros fazerem coisas úteis é “pagar por resultados”, isto é, prometer fazer pagamentos específicos por específicos resultados mensuráveis. Quanto melhor os resultados, mais alguém é pago. Essa abordagem tem sido usada em produções por peça, em bônus de trabalhadores, em comissões de vendas, em pagamentos de incentivo do diretor geral, taxas de contingenciamento de advogados, prêmios de empresas científicas-tecnológicas, leilões, e contratos de eficiência em relações públicas, consultoria de marketing, tecnologia da informação, medicina, caridades, desenvolvimento, e em contratações governamentais de forma geral.

Procurando vários artigos sobre o tópico, eu geralmente vejo análises imparciais mas indiferentes quanto suas vantagens e desvantagens, ou parciais e exclamando contra seus males, especialmente em setores sagrados como o da caridade, governamental, jurídico, e o da medicina. Claramente muitos veem o pagamento por resultados como sendo muito risco de ganância, dinheiro, e mercados em lugares onde maiores motivações devem reinar de forma suprema.

O que é muito ruim, já que frequentemente essas maiores motivações estão em falta, e pagar pelo resultado tem um grande potencial inexplorado. Mesmo que a ideia básica seja antiga, temos que explorar ainda uma grande possibilidade de variações. Por exemplo, muitas das reformas sociais que eu considerei como promissoras ao longo dos anos podem ser classificadas como pagamentos por resultados. Por exemplo, eu relacionei prêmios de ciência, leilões combinatórios, e: 

1. Adquira saúde, não plano de saúde – Consiga uma seguradora que lhe venda tanto seguro de vida quanto de saúde, assim eles perdem um monte de dinheiro se você se tornar incapacitado, estiver com dor, ou morto. Assim, se eles pagarem por suas despesas médicas, você pode confiá-los em negociações contra menores chances de prejuízos.

2. Sistema de direito penal de multa-seguro – Capturar criminosos por meio de uma recompensa a quem provar que uma pessoa em particular cometeu um crime específico, requer que todo mundo tenha um seguro contra crimes, tenha multas como punição oficial, e por fim deixe que seguradoras e clientes negociem punições individuais, monitoramento, liberdades, e corresponsabilidades.

3. Previsões & decisões de mercado – Existe uma probabilidade de mercado corrente, e se você compra por esse preço, você espera lucrar se você acredita em uma probabilidade maior. Dessa forma, você é pago para corrigir qualquer erro nas nossas probabilidades correntes, através do ganho em suas apostas. Nós podemos usar os preços de mercado resultantes para fazer várias decisões úteis, como demitir diretores gerais. 

Nós temos algumas boas teorias básicas em pagar por resultados. Por exemplo, pagar os seus agentes por seus resultados funcionam melhor quando você pode mensurar as coisas que você quer com mais rapidez e precisão, quando você tem maior aversão a riscos, e quando os seus agentes são menos avessos a riscos. E é menos útil quando você pode assistir bem aos seus agentes, e você sabe o que eles deveriam estar fazendo para conseguirem melhores resultados.

O pior cenário é quando você é uma grande organização neutra para riscos, com muita experiência, e que paga pequenos indivíduos ou organizações avessas a riscos, e quando você pode observar seus agentes e saber aproximadamente o que eles deveriam fazer para conseguir bons resultados, resultados que são muito complexos ou ocultos para se mensurar. Nesse caso, você deveria apenas pagar seus agentes para fazer as coisas da maneira correta, e ignorar os resultados.

Em contraste, o melhor cenário para se pagar por resultados é quando você é mais avesso a riscos do que os seus agentes, você não pode ver muito do que eles fazem, você não sabe muito sobre como eles devem agir para melhor conseguir resultados, e você tem uma forma rápida de medir os resultados que você quer. Então essa teoria sugere que pessoas comuns tentando conseguir coisas relativamente simples de especialistas tendem a serem boas situações a se pagar por resultados, especialmente quando esses especialistas podem se reunir em grandes organizações mais neutras a riscos.

Por exemplo, quando se está vendendo uma casa ou um carro, o resultado principal pelo qual se preocupa é o preço da venda, que é bastante observável, e você não sabe muito sobre como melhor vender para futuros compradores. Então para você um bom sistema é realizar um leilão, e dá-lo ao corretor que oferecer o maior preço. Assim aquele corretor pode usar a sua especialidade para descobrir como melhor vender o seu item para alguém que quer usá-lo.

Enquanto medicina é complexo e requer um ótimo expertise, o resultado principal que você quer da medicina é simples e relativamente fácil de se medir. Você quer se manter vivo, apto a realizar suas coisas usuais, e não estar em dor. (Sim, você também tem uma motivação mais oculta para mostrar que está disposto a gastar recursos para ajudar aliados, mas isso também é fácil de se medir.) Por isso maneiras relativamente simples de se pagar pela saúde parecem funcionar.

De forma parecida, uma vez que nós definimos um tipo particular de crime, e temos tribunais para julgar acusações específicas, nós então sabemos muito sobre os resultados que queremos de um sistema criminal: menos crimes. Se o processo de tentar detectar ou punir um criminoso pode prejudicar terceiros, então queremos leis que desencorajem esses efeitos. Mas com essas leis no lugar, nós podemos pagar para capturar criminosos de forma mais direta, e desencorajar o cometimento de crimes.

Finalmente quando nós conhecemos bem quais eventos estamos tentando prever, nós podemos apenas pagar pessoas que os preveem bem, sem precisarmos saber muito sobre quais são suas estratégias de previsão. Além de tudo, pagar por resultados parece ainda ter um enorme potencial inexplorado, e eu estou fazendo a minha parte para ajudar para que esse potencial seja realizado.

 

Artigo original publicado no blog Overcoming Bias

Este artigo foi traduzido por David Maycon K. Cabral, que é acadêmico do curso de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, membro do Instituto de Estudos Avançados em Direito (IEAD), Coordenador do Students for Liberty Brasil, membro da Liga Acadêmica de estudo em Direito da PUC Goiás (LED), estagiário do Ministério Público de Goiás e tradutor de artigos do Hayek Global College.

 

                                    __________________________________________________________________________________________________________________

Ensino Superior? Ouse pensar diferente, seja um líder Global. 
Clique aqui e saiba mais!

 

 

 

 

 

Leave a comment

Para manter-se atualizado sobre nossas ofertas, preencha o formulário abaixo: